Adoro um caderno de receitas! Outro dia, minha amiga Dani Garavello, da @cadivo_garimpoafetivo, encontro o da mãe dela e resolvemos ir juntas pra cozinha fazer rosquinhas de nata. Das receitas do caderno, essa é a que a mãe dela mais fazia durante sua infância.

Foi uma manhã muito gostosa e em ótima companhia, regada a memória afetiva, café e amizade. Como quase todas as receitas antigas, as medidas dos ingredientes não eram nada precisas…

Segue a receita com as dicas que descobrimos na prática… rs

Ingredientes

  • 4 ovos
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 2 xícaras (chá) de nata
  • 1 colher (sopa) de bicarbonato dissolvido no suco de 1 limão (cuidado porque a reação é imediata)
  • “Farinha de trigo que dê pra enrolar” (na prática foi +- 1,2 kg!)
  • Sal e canela a gosto

Modo de preparo

Junte os ovos, o açúcar e a nata em uma tigela grande e misture com um batedor de arame. Adicone o bicarbonato dissolvido no caldo do limão, uma pitada de sal e a canela (eu coloquei uma colher de chá, se você gostar muito, pode colocar mais). Vá juntando a farinha aos poucos e misturando até quase desgrudar da mão. Pegue os montinhos e massa e faça rolinhos da espessura de 1 dedo. Corte os quadradinhos, passe numa mistura de açúcar e canela e coloque num tabuleiro já untado com manteiga.

Coloque pra assar no forno pré-aquecido a 180º até ficarem douradinhas e perfumarem a casa toda (no meu forno da Dani foi uns 25 minutos).

Arrume a mesa com carinho, chame uma amiga querida pra um café e se deliciem com os biscoitos❣️

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba os novos posts diretamente no seu email.

Não enviamos spam